Calor ou frio: o que é mais barato nas férias de julho?

Pense rápido e marque a alternativa certa: nas férias de julho o Brasileiro quer viajar para lugares de…. ( ) frio ou ( ) calor

A resposta é… depende. De acordo com buscas no trivago para as férias de julho de 2016, os dois lugares mais procurados para as férias de julho são destinos de frio: Gramado e Campos do Jordão respectivamente estão no topo das procuras para julho. Mas, na quantidade de lugares buscados, os brasileiros parecem mais atrás de calor e sol mesmo, já que Fortaleza, Natal e Porto Seguro completam o top 5 do período.

Na verdade, seja lá qual a sua opção preferida, saber qual tipo de lugar é mais barato sempre ajuda a escolher. Ainda mais em tempos de grana curta. Para acabar com as suas dúvidas, a trivago fez uma análise extensa para ajudar você a escolher o local mais em conta para suas férias de julho. Afinal, no Brasil mesmo é possível encontrar destinos onde faz calor o ano inteiro, assim como localidades que ficam ainda mais especiais quando as temperaturas caem.

Além de olhar para as variações nos termômetros, saber como mudam os preços dos hotéis é sempre um ótimo indicativo  para não nublar suas férias. Por isso, analismos as buscas feitas no nosso site e as médias de preços oferecidos para os destinos mais procurados. Vale lembrar que, como a média de preços para julho foi calculada em março, a tendência é que os preços subam quanto mais perto o mês de férias se aproxime. Então, se você quer economizar, convém reservar o quanto antes para garantir as melhores ofertas. Os valores são a média de um quarto padrão para casal.

É barato ir para lugares quentes em julho?

Fortaleza. Foto: © Setur CE

Viajar para lugares quentes em julho é, de fato, uma boa maneira de economizar. Os preços podem ser até 40% mais baratos em diversas cidades do Nordeste. Em Fortaleza, por exemplo, os turistas encontram preços 21,9% mais baratos do que em janeiro.  Com essa queda nos preços, sobra até uma graninha para esticar a viagem até Jericoacoara, que fica 7,5% mais cara em julho em relação a janeiro.

A maioria dos lugares mais buscados para as férias de julho fica no Nordeste do Brasil, mas destinos internacionais também figuram na nossa lista de mais procurados. O destino de calor mais popular entre os usuários do trivago que também é campeão na queda de preço em julho é Porto Seguro, na Bahia. Por lá, a hospedagem fica em média 42,3% mais barata. Em segundo lugar, fica Maceió com uma queda de 38,8% no preço das acomodações.

Cancún © PUBLIC DOMAIN - Pixabay (2)

Além de Fortaleza, somente Barreirinhas, nos Lençóis Maranhenses, e Rio Quente, em Goiás tiveram alta de preços de janeiro para julho. Mas as altas foram relativamente pequenas 3,6% e 4,94% respectivamente.

Entre os destinos internacionais, Orlando, nos Estados Unidos, é o destino de calor mais buscado no trivago. A média dos preços por lá, em julho, fica em torno de R$ 558, 10,9% mais barato do que em janeiro. Cancun, no México, também oferece preços mais em conta em julho com uma média de R$ 735.

Tá mas não vai chover em julho no Nordeste?

©Divulgação Porto Seguro

Foto: ©Divulgação Porto Seguro

Na teoria, o risco de chuva é sempre maior em julho no Nordeste. No entanto, quando se pensa em chuva, não é nada como as chuvas capazes de acabar com as férias de janeiro inteiras de veranistas em praias do Sul, por exemplo. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia, Fortaleza parece ser o local ideal para quem quer praia e calor em julho. Segundo o órgão, por lá chove menos em julho  e a média de temperatura no inverno é só 1,5ºC menor. Jericoacoara também está nessa região privilegiada e tem uma média de temperatura de 27ºC em julho e bem pouca chuva.

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses setur maranhao

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Foto: Setur/MA

Cidades como Natal, Maceió, Maragogi, Porto Seguro and Porto de Galinhas sofrem com chuvas acima da média em julho apesar das temperaturas altas, mas como dito anteriormente, é raro que chova durantes muitos dias sem parar em qualquer uma dessas cidades.

Barreirinhas, conhecida como a “porta” para os fabulosos Lençóis Maranhenses, tem uma temperatura que varia entre 27ºC  e 32ºC em julho. O mês, inclusive, é mais seco do que janeiro. E vale lembrar que visitar os Leçóis em época de muita seca não é tão legal do que logo depois que a temporada de chuva acaba, que é quando as lagoas estão cheias. Assim, agosto é o mês mais seguro para quem quer ver a região em toda sua exuberância, mas julho também é uma boa opção, já que é o mês menos chuvoso da temporada úmida.

Brazil_Caldas Novas 3 © Luis Manoel Vasconcelos - Goiás Turismo

Rio Quente e Caldas Novas, em Goiás, não têm praia, mas possuem um paraíso natural de águas quentes e terapêuticas, cachoeiras e paisagens que merecem ser desvendadas. Fora isso, as cidades oferecem condições ótimas para quem curte calor: mínimas por volta de 21 ºC e máximas de 31ºC e preços convidativos.

No Rio de Janeiro não chove muito em julho, mas também não faz muito calor. A temperatura geralmente fica por volta dos 21º C, gerando situações, no mínimo, inusitadas em que você pode ver os cariocas de cachecol e turistas na praia. Aí tudo vai depender se você encararia mar e areia mesmo assim. Piadinhas à parte, é um ótimo clima para explorar tudo que a Cidade Maravilhosa oferece.

No caso dos destinos internacionais, julho é o pico do verão em Orlando. Esteja pronto para enfrentar temperaturas por volta de 28º C e uns temporais. Outro ponto importante a levar em conta é: várias atrações da Disney fecham no período.  Já Cancun parece o destino ideal para quem quer praia no hemisfério norte: temperaturas por volta de 29ºC e menos chuvas do que em Orlando.

Qual destino de frio é mais barato em julho?

canela parque do Caracol-RicardoVarela55 Aonde é barato ir nas férias de julho

Parque do Caracol em Canela. Foto: Ricardo Varela, Setur

Depende. A maior parte dos destinos brasileiros apresenta aumento de preço de janeiro para julho. No mês mais frio do ano, os preços podem ficar até 39,3% mais caros. Ainda assim, há maneiras de driblar os preços mais altos. No caso de Canela, na Serra Gaúcha, por exemplo, a média de preços em julho é de R$ 394. E, talvez você não saiba, mas a cidade fica do lado de Gramado (cujos preços em julho são bem mais altos: R$ 615) . Apesar dos preços 35,9% menores, a cidade tem o mesmo charme da Serra Gaúcha e conta com estrutura hoteleira e de restaurantes bem desenvolvida.

Campos do Jordão, outra queridinha do inverno brasileiro, apresenta a maior alta  do período com preços por volta de  R$ 518. Monte Verde, em Minas Gerais, é considerada uma pequena Campos do Jordão e apresenta preços  34,43% mais baixos. A cidade mineira fica no alto da Serra da Mantiqueira e tem construções em estilo alpino. Com áreas preservadas de Mata Atlântica e belas cachoeiras, o local tem toda a infraestrutura para receber turistas atrás de um pouquinho de frio.

Monte Verde viagem romântica em Minas Gerais

Monte Verde Foto: © Fmturati – CC BY-SA 3.0

Dentre os destinos brasileiros,  Foz do Iguaçu e  São Paulo não são assim destinos que podem ser chamados de inverno. Ambos, porém apresentam preços bons em julho. A época é bacana para conhecer as Cataratas do Iguaçu, por exemplo, por chover menos. Já na capital paulista, a época é ideal para uma experiência verdadeira com a famosa garoa.

Bariloche férias julho

Foto: © Andre Charland CC BY 2.0 – Flickr

Os destinos internacionais da lista não variam muito de preço, como é o caso de Santiago do Chile e Buenos Aires. Em Bariloche, os preços sobem apenas 2,9%, mas isso não significa que os preços sejam módicos, afinal, a média do preço de acomodação na cidade em julho fica nos R$ 1151, o que não é assim uma barganha. A grande dica do inverno no quesito destinos internacionais é a capital Uruguaia.

Rodrigo Paredes flickr (CC BY 2.0) Aonde é barato ir nas férias de julho

Buenos Aires. Foto: Rodrigo Paredes  CC BY 2.0

Ficar em Montevidéu é 18% mais barato do que em Buenos Aires com uma média de preço de R$ 380 para julho. A cidade é bem diferente da capital argentina, mas é uma ótima opção para quem está atrás de frio, bons vinhos e bom churrasco. Tudo isso com o charme de uma cidade onde tudo acontece num ritmo mais lento. Ou seja, um ótimo lugar para descansar e aproveitar as férias com calma.

Fonte: Trivago